30/01/2017

A sacada da putaria

A sacada da putaria

 

Era um final de tarde normal igual a tantas outras confesso que estava entediado e fui fumar na sacada já que Claudia minha esposa odiava que fumasse dentro do apto estou lá parado olhando o movimento quando vejo no apartamento de frente ao meu uma janela aberta e uma mulher pelada ali parada me olhando, confesso que num primeiro momento tentei desviar o olhar para não constrange-la porém a vontade de olhar era enorme que não resisti.

Ela deu um sorrisinho e foi até a sacada, nossa como fiquei nervoso a mulher estava pelada na sacada sem se importar de ser vista por mais pessoas e eu ali lembrei da Claudia la dentro imaginando se ela visse esta cena porém como resistir a mulher era linda loira mais ou menos 1,70 cabelos compridos até a cintura, seios fartos que apesar da distância dava para ver como eram lindos e empinados, tinha uma barriguinha chapadinha e um belo quadril o que me deixou louco. Fiquei ali só olhando ela me comendo com os olhos eu hiponitizado , ela se deitou no sofá que tinha na varanda e começou a passar a mão no corpo a mão subia e descia parava nos seios onde ela massageava bem devagar quando a mão descia ela passava na vagina bem na portinha nossa eu tava louco de tesão nunca tinha imaginado ver isto uma mulher se masturbando na sacada para mim, eu não sabia nem o seu nome.

Ela viu a hora que eu coloquei a mão dentro da minha bermuda e aproveitou e colocou o dedo na vagina, me olhando com ar bem sem-vergonha  dava para ver ela bombando nossa o calor do tesão era tanto que estava literalmente pegando fogo tirei meu pau para fora ali mesmo sem me importar que iria ver comecei a me masturbar pensando que estava comendo aquela desconhecida da sacada.

Ela muito puta arreganhou as pernas para que visse melhor ela bombando os dedos na vagina e com a outra mão deu para ver ela pondo o dedo no cuzinho, meu pênis nesta hora já estava duro, dilatando escapou até um gemido a Claudia vendo que estava demorando me chamou nossa fiquei super nervoso imagina o escândalo se minha mulher me pega nesta situação porém não dava para parar já sentia o gozinho saindo pelo meu pênis e a loira lá do outro lado da rua bombando os dedos na vagina e no ânus olhando para mim, nossa não aguentei gozei, gozei gostoso com intensidade a safada vendo eu gozar passou a língua nos lábios como se estivesse lambendo todo meu gozo nossa que sensação deliciosa vi que ela também gozou, e agora como iria entrar sem que a Claudia visse meu estado afinal quem poderia imaginar sair para fumar e vir gozado.

E tem sido assim dia sim dia não nos encontramos nas sacadas eu na minha ela na dela nos masturbamos e gozamos não sei quantas mais pessoas v ela pelada e se masturba também mais gosto de pensar que e só para mim, minha doce e gostosa vizinha.